17 junho 2006

O PRÍNCIPE NO XELINDRÓ

Este poste é dedicado aos inúmeros adeptos portugueses do Isto só neste país!, que muitas vezes é pronunciado com a maior indignação possível, mas quase sempre associada à cultura de paróquia, derivada da ignorância do que se vai passando pelo Mundo.

Imagine-se que, por acaso, estourava entre nós um escândalo em que Duarte Pio de Bragança havia sido preso por envolvimento num esquema de corrupção e proxenetismo. Não seria um caso exemplar para recorrer aquela famosa frase?

Pois foi exactamente isso o que aconteceu em Itália a Vitorio Emanuel de Sabóia, de 69 anos, o único filho do último monarca italiano e herdeiro dos direitos ao trono de Itália. O príncipe, evidentemente, alega estar inocente.

Embora esta pareça ser uma daquelas barracadas como só os italianos seriam capazes de inventar, não deixam de ter razão os mais patriotas que ainda quiserem rebater-nos com o argumento que as galinhas poedeiras italianas parecem ser mais asseadas que as nossas

1 comentário:

  1. Se eu fosse o principezinho (este, o velho suspeito, não o outro), pedia já para ser extraditado para Portugal.
    Sem ser bruxo, atrevo-me a prognosticar que o seu processo acabaria por prescrever ou por ser arquivado por falta de provas.

    Casos desses são um Rittoal entre nós...

    ResponderEliminar