30 março 2018

À DESCOBERTA DE MERCÚRIO

30 de Março de 1974. Descobria-se como era a aparência do planeta Mercúrio. A sonda responsável pelo envio das primeiras fotografias do primeiro planeta do Sistema Solar denominava-se Mariner 10. Embora o seu percurso pelo espaço fizesse com que a maior aproximação da sonda ao planeta tivesse ocorrido ainda no final do dia anterior (às 20H47 TMG), foi só neste dia que, por causa da delicadeza e lentidão das transmissões, começaram a ficar disponíveis para a comunicação social as primeiras fotografias da superfície de Mercúrio. Era um grande feito científico... mas também uma grande desilusão mediática: para o grande público, aquilo que se podia ver era uma reedição daquilo que já se vira na Lua, um corpo rochoso que se destacava da escuridão, marcado por uma profusão aleatória de crateras de impacto (acima o mosaico de fotos dessa passagem em que a Mariner 10 se chegou a aproximar até 700 km da superfície do planeta). Ao contrário do que acontece com Marte, Vénus, Júpiter ou até, mais recentemente, com o longínquo Plutão, Mercúrio é um planeta com falta de charme.

Sem comentários:

Enviar um comentário