24 março 2020

EU CÁ ESTOU COMO O COELHINHO...

A propósito do falecimento de Albert Uderzo, quero-me associar numa penhorada saudação ao recém-falecido. Afinal, este blogue publicou algumas centenas de postes com pranchas desenhadas por ele: « O Combate dos Chefes», «A Volta a Gália», «Astérix e Cleópatra», «Os Louros de César», «A Zaragata», «Astérix Legionário» e «O Domínio dos Deuses». Registo porém, e em contraste com tantos outros desenhadores da mesma escola franco-belga e da mesma geração, cujas mortes passam quase completamente desapercebidas (Eddy Paape ou Tibet, por exemplo), que a de Albert Uderzo se está a revestir mediaticamente e nas redes sociais de uma exuberância quiçá excessiva, ainda para mais para um autor de uma forma de expressão artística que hoje se cinge a uma minoria mínima de apreciadores. Portanto, no meio de muitas lamentações, a minha atitude condizente com o momento é a assumida pelo coelhinho das imagens acima...

Sem comentários:

Publicar um comentário