25 julho 2017

A ILUSÃO DE (QUASE) TODA A HUMANIDADE

25 de Julho de 1992. Há 25 anos tinha lugar a abertura dos Jogos Olímpicos de Barcelona. A cerimónia foi dominada pela forma verdadeiramente espectacular como a pira olímpica foi acesa, com uma flecha em fogo disparada por um archeiro de dentro do estádio. Tomando em consideração a colocação da câmara de televisão, fica a impressão para quase toda a Humanidade que seguiu o acontecimento à distância (impressão essa que perdurou, porque ninguém a desmentiu nos dias que se seguiram), que o arqueiro conseguira colocar a flecha precisamente dentro da pira, incendiando-a.

Na verdade, deve ter sido o truque de magia que alcançou a maior audiência de sempre até aquela data - uma audiência verdadeiramente planetária! Como se compreende, a organização não se poderia permitir correr o risco de que houvesse um fiasco numa situação tão delicada. E assim os arqueiros foram submetidos a intensos ensaios, mas apenas a direccionar o tiro, a pira seria acesa quando a seta lhe passasse por cima e competiria ao posicionamento da câmara de televisão criar o resto da ilusão. Ilusão essa que não foi compartilhada pelos milhares presentes no estádio, como se depreende pela fotografia abaixo.

Sem comentários:

Enviar um comentário