27 maio 2017

MARX, ENGELS, LENINE, ESTALINE... e PUTINE?...

Mesmo decantado dos constrangimentos socialistas, o culto de personalidade na Rússia parece ter sobrevivido ao famoso XX Congresso do PCUS que se propusera corrigi-lo. Parece ter sobrevivido à perestroika que se propusera reformá-lo. Parece ter sobrevivido à sociedade socialista sem classes. A memorabilia que lhe é dedicada na Rússia moderna é um fenómeno caricato mas também passível de nos deixar a constatar o ascendente de que o homem goza no país. Marx e os seus discípulos não perderam muito tempo a reflectir sobre estes aspectos da economia, mas se alguém fabrica estas coisas é na espectativa de que alguém as compre...
Tinteiros e facas corta-papel.
Cadernos escolares
Anéis
Bonecos representando-o como o super-homem ou o pai natal
Em estilo de agente secreto 007
Ou em estilo de Rambo
Como homem de acção e de reflexão
Mas também a embrulhar tabletes de chocolate
Como um ícone religioso, no domínio do quase divino
Mas também do fedorento, a enfeitar os pés
E até como guardião do café de casa 
E a representação mais controversa desta colecção: como tapete de sala...

Sem comentários:

Enviar um comentário