01 março 2016

OS DOIS AMANHECERES DA MISSÃO APOLLO XVII

Nesta foto acima, o Sol acaba de se levantar na Florida a 6 de Dezembro de 1972, o último dia antes do inicio da missão Apollo 17, a última missão prevista daquele programa que, desde a Apollo 11 em 1969, teve como objectivo a colocação de equipas de dois homens na superfície lunar. Mal se sabia então que seria a última missão pelas próximas décadas: até hoje pelo menos, 43 anos entretanto passados. O Sol que acima desponta revela a silhueta do foguetão Saturno V que irá levar os três astronautas, encostado à respectiva torre de lançamento como que se preparando para uma tensa e longa espera, pois o lançamento só virá a ter lugar à meia noite e meia (00H33) do dia seguinte. Foi a única vez em que houve um lançamento nocturno numa missão Apollo. O rasto do foguetão vai criar por uns minutos naquela longa noite de Outono sobre os céus da Florida a sensação de um amanhecer prematuro (fotografia abaixo).

1 comentário:

  1. Caro Teixeira, creio ter lido à época que a missao Apolo estava programada para 20 lançamentos. Contudo, a crescente falta de interesse popular acabou levando as autoridades a que o 17 fosse o último.

    ResponderEliminar