28 outubro 2017

A MARCHA SOBRE ROMA

28 de Outubro de 1922. Início da Marcha sobre Roma. Na época, foi considerada uma exibição de força dos fascistas italianos. 95 anos passados e pelos padrões actuais, assemelhar-se-á mais a um desfile coreografado com requintes a lembrar o carnavalesco (vídeo abaixo), aprecie-se acima Benito Mussolini desfilando à cabeça (à civil!) acompanhado dos quadrúnviros, heróis de guerra, com os peitos ornados de medalhas: Italo Balbo, Emílio De Bono, Cesare De Vecchi e Michele Bianchi. Mas a grande contribuição para a Ciência Política naquele momento histórico, em que um regime parlamentar aparentemente sólido não pôde ou não se quis defender, foi a frase produzida pelo general Emanuele Pugliese, quando questionado sobre a lealdade das tropas sob o seu comando, encarregues de defender Roma: «Posso assegurar a V. Ex.ª que as unidades sob o meu comando permanecem leais ao regime mas será de toda a conveniência política que não se teste essa lealdade...» Benito Mussolini foi encarregado pelo rei Vítor Emanuel III de formar governo. Para o apoio parlamentar, havia apenas 37 deputados fascistas numa Câmara de 535 (7%), mas isso deixara de interessar na política italiana.

Sem comentários:

Enviar um comentário