08 julho 2017

RESISTÊNCIA DE APÓS-GUERRA

Retiradas de uma edição de um jornal lisboeta de 8 de Julho de 1946, estas duas notícias parecem ter perdido a importância que então se lhes conferia, pois a versão histórica prevalecente é de que não se registaram episódios sérios de resistência, nem na Alemanha nem no Japão, durante a ocupação a que os dois estiveram sujeitos. Vai-se à Wikipedia e não se encontra nada. Ora os episódios foram sérios: tanto num caso como noutro registaram-se cinco mortes e as notícias têm a chancela da United Press. Restam duas hipóteses: ou trataram-se de episódios de resistência a quem ninguém interessou e ainda hoje não interessa dar qualquer relevância; ou trataram-se de crimes de gangues do crime organizado (no Japão são famosos os yakuzas mas na Alemanha não há "crime organizado") a quem os serviços de informação das autoridades de ocupação pretenderam dar uma conotação política que eles não teriam.

Sem comentários:

Enviar um comentário