25 outubro 2015

À BOLA, OS QUE A ESCREVEM... ENFIEM-NA NO CU

Acabei de transpor aqui abaixo as dez notícias desportivas de maior destaque do Google Notícias deste momento em que escrevo. Dessas dez, nove tem a chancela do jornal A Bola, incluindo a fascinante vitória do Benfica sobre a Quinta dos Lombos em futebol de salão. É fascinante porque apetece fazer um inquérito aos leitores para que nos localizem a dita Quinta, a dos Lombos. Acidentalmente, esclareço eu, hoje houve a primeira meia final do Campeonato do Mundo de Rugby, que se disputou à tarde no estádio de Twickenham em Londres, opondo a África do Sul e a Nova Zelândia, perante 80 mil espectadores (veja-se mais abaixo um vídeo com o resumo do jogo) e muitos outros milhões espalhados por todo o Mundo.
Não vou discutir os critérios editoriais de A Bola, mas perante a ausência de qualquer menção a esse acontecimento desportivo, e mesmo sabendo que a África do Sul e a Nova Zelândia ficam bem mais longe do que a dita Quinta dos Lombos, ver o meu interesse pelo rugby de alta competição assim tão desdenhado faz-me fazer votos para que os responsáveis de A Bola a enfiem, à dita... no cu. De preferência (e esses votos são extensíveis à concorrência do Record e de O Jogo), uma oval, que certamente lhes há-de entrar melhor. Que me desculpem, mas não concebo como quem faz da sua profissão noticiar desporto, deixa passar em branco imagens como as que se podem apreciar abaixo. 

1 comentário:

  1. De facto sem comentários. A estranha beleza brutal dos jogos que o rugby nos está a trazer, lato senso, em contraponto com a limitação que o ADN do nossos jornais e jornalistas nos impõe. Ou tenta; ou se calhar nem isso. Independentemente de ser opção, que me ocorre estranhar, é triste. Mas registo que aprecio o (algum) trabalho que o Quinta dos Lombos (Oeiras) está a desenvolver na (e pela) colectividade.

    ResponderEliminar